Jogos de ação e aventuras

Pular, dar acrobacias, saltar de prédios, destruir estruturas e derrotar inimigos. Elementos comuns num dos primeiros e mais emocionantes estilos de jogos virtuais. Trata-se dos jogos de aventura, estilo no qual a praticidade e jogabilidade são os temas centrais desses estilos de jogos.

Às vezes o roteiro não é tão trabalhado, mas os produtores compensam (e muito) na diversão e na fácil jogabilidade que eles apresentam. Marca registrada desse gênero de jogos. Em contrapartida, certos jogos apresentam uma história fantástica que, combinada com os desafios e os estágios, marcam de forma gigantesca o quanto é maravilhoso participar de uma boa aventura.

O objetivo é simples: controlar um personagem que será o tema central da história. A partir daí, os estágios vão surgindo com inimigos cada vez mais poderosos e mais desafiadores. O desenrolar se dá com a passagem por cenários antes jamais vistos (cenários estes muitas vezes interativos), com mudanças nas perspectivas e com a aquisição (e controle) de veículos e de armas maiores.




No contexto atual, grandes nomes surgem para representar um dos melhores gêneros de jogos do mundo. Podemos citar, por exemplo, o jogo Uncharted (Naugthy Dog), que já conta com duas continuações. Nele, o jogador controla um caçador de tesouros conhecido como Drake. O objetivo inicial é encontrar um tesouro perdido – mas até lá, diversos imprevistos acontecem, colocando muito mais dificuldade do que se imagina. Dono de uma habilidade inacreditável, o jogo proporciona que o personagem principal suba muros altos, pule de lugares para outros, lembrando a movimentação de outro grande jogo de aventura, Prince of Persia (Ubisoft). Em Uncharted, o interessante são os conflitos armados e a movimentação real em um tiroteio. Se esconder, rolar de um lado para o outro e pegar os inimigos desprevenidos. Coisas marcantes dessa franquia épica.

E para quem gosta de um pouco mais de heroísmo, Batman: Arkham city (Rocksteady Studios e Warner Bros) parece ser uma boa pedida. Lá, o jogador controla o Batman, herói dos quadrinhos da DC comics. O divertido é completar os objetivos que o jogo desenrola para o jogador, sempre lutando contra os inimigos do herói – que usa sempre da sua tecnologia para alcançar os seus objetivos. Um jogo com cenário realista, de tom sombrio, que leva sempre o jogador a escolher os melhores momentos para atacar e para se defender.

Outra franquia clássica desse gênero é o jogo God of War (Santa Monica Studio). Lutando contra deuses gregos encontra-se Kratos, valente guerreiro espartano que teve a sua família assassinada tempos atrás. Participando de guerras, ele vende a alma para o deus Ares, ganhando duas armas fortíssimas. O jogo é bastante sanguinário, mas incrivelmente divertido. A brutalidade mostra a força do personagem que luta contra criaturas místicas da mitologia grega. Indispensável para quem gosta de unir o útil ao agradável: muita diversão com um bom roteiro.
De forma geral, existem incontáveis jogos desse tipo de qualidade no palco virtual atual. Um gênero indicadíssimo para um jogador que gosta de participar de uma boa aventura, em mundos diferentes, sem sair sequer da poltrona de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *